A Red Bull não se conforma com a penalização atribuída a Max Verstappen no final do GP dos EUA. Christian Horner, chefe da equipa, desconfia da ação dos comissários que consideraram a ultrapassagem de Verstappen a Kimi Raikkonen ilegal, retirando 5 segundos ao jovem holandês.

Sairam carros da pista o dia todo sem consequências. Acho que seria incrivelmente duro dar uma penalidade a Max ", disse Horner à Sky Sports.

Foi a segunda vez que a Verstappen perdeu um pódio por uma decisão dos comissários. No ano passado perdeu o terceiro lugar no México por circunstâncias idênticas.

Isto está errado. Vamos olhar bem para isto, mas para mim foi uma corrida justa e difícil. Acho que é um mau julgamento por parte dos comissários.

Jos Versttapen não ficou calado e manifestou a sua fúria de forma…peculiar. Na rede social Twitter, o ex-piloto Fórmula 1 deixou um recado à FIA com a seguinte frase: "Isto é uma treta. Desculpem. A FIA devia ter vergonha”.

Quanto a Max, impossível passar despercebido o ar de desalento do holandês quando se preparava para subir ao pódio e vê Kimi Raikkonen chegar para assumir o terceiro lugar.