A Opel promete mais de 400 km de autonomia para o Ampera-e, modelo elétrico que será apresentado oficialmente a 1 de outubro no Salão de Paris, em França. 

Segundo o fabricante alemão, o valor é ainda provisório, mas garante mais 25 por cento de autonomia (ciclo NEDC) face ao principal concorrente direto, o BMW i3 (300 km de autonomia).

Com lançamento agendado para o verão de 2017, o Ampera-e anuncia ainda números como os 204 cv e 360 Nm de binário. É capaz de acelerar de 0 a 50 km/h em 3,2 segundos. A velocidade máxima está limitada a 150 km/h.

As baterias de iões de lítio, com 60 kWh de capacidade, estão instaladas no piso do carro. Com 4,17 metros de comprimento, o elétrico tem espaço para cinco ocupantes e uma mala com 381 litros de capacidade. 

“Com o Ampera-e trazemos ao mercado um automóvel elétrico que está apto para a utilização no dia-a-dia. Tem grande autonomia e será proposto a preço razoável”, afirma o CEO da Opel, Karl-Thomas Neumann.

“O Ampera-e não é um modelo de ‘eco-luxo’, nem um ‘gadget’, nem um puro segundo carro. Com o Ampera-e demonstramos que a mobilidade elétrica pode chegar a mais pessoas”, acrescenta.