Os mercados norte-americanos seguem em alta nesta sessão de sexta-feira, apesar de os últimos números sobre o mercado de trabalho revelarem uma forte queda do emprego.

A taxa de desemprego atingiu em Fevereiro um novo máximo de 25 anos, nos 8,1%, com o número de desempregados a atingir também um novo recorde, nos 12,5 milhões.

Apesar de serem bastante negativos, os números saíram em linha com as expectativas dos analistas.

Nos últimos seis meses, a maior economia do mundo destruiu mais de 3,3 milhões de postos de trabalho. Só em Fevereiro desapareceram mais 651 mil, face aos 655 apagados em Janeiro. O número de empregos destruídos em Dezembro foi revisto em alta para 681 mil, o valor mensal mais elevado dos últimos 59 anos.