Um livro curioso que conta a história da Opus Dei feminina em Portugal. De uma senhora que ainda está viva Elina Morais Neves e que foi a número dois «Reacção em cadeia» memórias de vida e projetos de eternidade. Conta a sua vida, uma física nuclear que era amiga de Maria Lourdes Pintassilgo e de Maria Lourdes Belchior. As três católicas militantes embora em quadrantes diferentes. Maria Lourdes Pintassilgo à esquerda no Graal. Ela no Opus Die, obviamente mais conservadora. E Maria Lourdes Belchior num movimento auxiliar do apostolado. Amigas até ao fim da vida.