Em Dia dos Namorados, a Honda UK divulgou uma sondagem para mostrar quão importante pode ser o carro num encontro que se pretende seja o primeiro de um romance aí iniciado. E essa importância rivaliza com outros fatores como o charme ou a inteligência.

Num inquérito feito a dois mil adultos no Reino Unido, a sondagem encomendada pela Honda local atesta que 12% (um em cada 10) acredita que um bom carro é mais importante que um bom sentido de humor, bons modos ou inteligência para conseguir o tal encontro – e essa margem duplica para os mais novos do que 25 anos.

Quando chega a grande noite, a importância de quem conduz o carro ainda é uma tradição com 47% das mulheres a preferirem que vão buscá-las a casa. O cavalheirismo mantém-se apreciado, mas, como sinal do séc. XXI, também um em cada dez homens (11%) prefere ficar á espera que vão buscá-lo.

Manter a tradição pode não ser, porém, garantia de repetição do primeiro grande encontro romântico. Pois, se o carro estiver sujo, para muitos não haverá romance. Dos inquiridos que preferem ser apanhados pelo seu par, 73% frisam a importância de o carro estar limpo por dentro e por fora – e um em cada dez (12%) assume que não repetirá o encontro se o carro estiver sujo.