Um predador sexual fingiu ser a famosa blogger britânica Zoe Sugg, mais conhecida como Zoella, para atrair vítimas do sexo feminino. David Harmes, 20 anos, dizia ser a estrela de moda e beleza do YouTube e entrava em contacto com as vítimas através do Skype, no Reino Unido. 

Harmes enganou muitas raparigas ao fazê-las pensar que estariam a falar com outra pessoa que não ele e, em alguns casos, fez-se passar por um representante de uma agência de modelos para manipular as vítimas", disse Simon Ledger, da polícia de Cheshire, à SkyNews.

Harmes admitiu 35 ofensas contra 28 vítimas, com idades entre os oito e os 18 anos. O homem foi condenado a oito anos de cadeia pelo tribunal de Chester Crown, cinco deles em prisão efetiva, por produção e distribuição de pornografia infantil e incitação a ato sexual. 

David Harmes

Apesar de Harmes, que também se fez passar por membro de uma boysband e recrutador de agência de modelos, não ter chegado a encontrar-se com nenhuma das vítimas, as autoridades britânicas esperam que esta condenação sirva de lição, para agressores e vítimas. 

Este caso serve para relembrar, que apesar de a internet ser uma ferramenta incrível, tem um lado sombrio ao qual devemos estar atentos e mostra também que é importante que os pais tenham conhecimento do que os filhos estão a aceder na internet e com quem eles estão a comunicar." 

Zoe Sugg tem 26 anos e é das jovens mais populares do canal YouTube, com ganhos mensais superiores a 50 mil libras, cerca de 64.500 euros.