Cinco crianças morreram num incêndio em Guam, indicaram as autoridades, esta terça-feira, descrevendo o fogo como o mais mortal na história desta ilha norte-americana no pacífico.

O incêndio deflagrou na segunda-feira à noite numa casa de madeira em Yigo, no norte da ilha, segundo informaram os bombeiros de Guam.

Os nossos bombeiros enfrentaram um dos seus maiores medos. Cinco jovens vidas perderam-se num incêndio numa estrutura em Yigo”, indicaram os bombeiros através da sua página de Facebook.

As vítimas mortais são todas do sexo feminino e tinham entre três e 16 anos.

Segundo a AFP, que cita o porta-voz dos bombeiros, Kevin Reilly, três crianças - dois rapazes e uma rapariga - sobreviveram ao fogo e foram transportadas para o hospital.

Reilly afirmou que as causas do incêndio ainda não foram apuradas.

"Ainda estamos a recolher informação, é um processo difícil e ainda estamos a apurar as causas do fogo", disse Reilly ao Pacific Daily News.