A torre número um do novo complexo World Trade Center (One World Trade Center), em Nova Iorque, abriu esta segunda-feira, 13 anos após os ataques terroristas que destruíram as antigas «Torres Gémeas», e nove anos após a sua construção ter sido iniciada.

O edifício de 104 andares, com mais de 541 metros de altura, é o maior do Continente Americano e vai receber os seus primeiros inquilinos a partir de hoje. A empresa Condé Nast, uma divisão da Advance Publications, responsável por publicações com o «The New Yorker», e as revistas «vanity Fair», «Vogue» e «Wired», será a primeira a instalar-se no edifício.

Saltaram de paraquedas do World Trade Center (e filmaram)

Segundo o «Wall Street Journal», a inauguração foi bastante discreta e não será acompanhada por qualquer evento especial ao longo do dia de hoje, ainda que seja esperada uma cerimónia mais para o final de novembro. Isto porque os Governadores de Nova Iorque e Nova Jérsia não conseguiram concordar numa data que servisse para os dois, antes do dia da mudança da Condé Nast.

O One World Trade Center tem cerca de três milhões de pés quadrados de espaço (mais de 278 mil m 2), estando já alugados 58% deste total. É o terceiro edifício do novo complexo a estar terminado, depois do World Trade Center 7, inaugurado em 2006, e do World Trade Center 4, inaugurado em 2013.