Equipas de resgate foram mobilizadas esta quarta-feira na Indonésia para retirar cerca de 400 turistas de uma montanha muito procurada para o “trekking”, uma modalidade de caminhada, após a erupção de um vulcão, noticia a AFP.

A erupção do monte Barujai começou na tarde de terça-feira, com a expelição de fumo e cinzas a cerca de dois quilómetros nos céus da ilha de Lombok, a este da ilha de Bali, disse um porta-voz da agência nacional de gestão das catástrofes naturais, Sutopo Purvo Nugroho.

Quase 400 pessoas estavam perto do monte Barujani, um cone vulcânico na cratera do vulcão Rinjani, com 3.726 metros de altitude.

Ainda estamos à procura de 389 turistas, a maioria estrangeiros, para que sejam levados imediatamente", disse Nugroho.

Mais de 1.100 pessoas já foram retiradas da zona, informou a mesma agência, ainda que não exista perigo para as populações próximas do vulcão.

A erupção do monte Barujai levou à interrupção de voos no aeroporto internacional Ngurah Rai, em Bali, a 130 quilómetros do local.