A República Democrática do Congo (RDC) confirmou, este domingo, os seus primeiros casos da febre hemorrágica Ébola, que já afeta quatro outros países africanos.

«Os resultados são positivos. O vírus Ébola está confirmado na RDC», declarou o ministro da Saúde congolês, Félix Kabange Numbi, à agência France Presse, sobre as amostras retiradas a pessoas com uma febre hemorrágica que causou 13 mortos desde 11 de agosto no noroeste do país.

As autoridades da RDC anunciaram, na quinta-feira, que uma febre hemorrágica de «origem indeterminada» tinha feito 13 vítimas mortais na província do Equador desde 11 de agosto.