Foram encontrados seis frascos com o vírus da varíola num centro de pesquisa norte-americano perto de Washington, de acordo com a «BBC». Os frascos estavam congelados e lacrados, dentro de uma caixa de papelão.

É a primeira vez que são descobertos frascos não registados com o vírus nos Estados Unidos.

Apesar de a doença ter sido oficialmente erradicada nos anos 80, o vírus pode ter sobrevivido a temperaturas de congelamento.

«Os frascos parecem datar da década de 1950. Foram imediatamente guardados e colocados em segurança», afirmou, em comunicado, o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) americano.

O CDC esclareceu que o material será submetido a testes para determinar o estado do vírus e que será destruído de imediato. O órgão assegurou ainda que não foi identificado qualquer risco de uma exposição infecciosa, nem para os trabalhadores do laboratório em causa, nem para o público em geral.

As agências governamentais ficaram a par da descoberta a 1 de julho, depois de os funcionários do Instituto Nacional de Saúde (NIH, na sigla em inglês) em Bethesda terem encontrado o material.

Entretanto, a Organização Mundial de Saúde (OMS) também foi notificada.