A atriz norte-americana Heather Locklear, de 56 anos, foi presa na noite de domingo, depois da polícia ter sido chamada a sua casa por causa de um suposto episódio de violência doméstica. Confrontada com as autoridades, a atriz terá sido violenta com os agentes, motivo pelo qual acabou atrás das grades. 

A polícia foi chamada à casa da atriz, em Thousand Oaks, na Califórnia, por volta das 21:45 locais, segundo informações do jornal Los Angeles Times, que cita o fonte do gabinete do xerife de Ventura, nos EUA. 

Assim que as autoridades chegaram ao local, a atriz não só "colaborou pouco" com os agentes, como também começou a ter "uma atitude agressiva" com os mesmos, ao ponto de ter sido necessário chamar reforços ao local. 

"Ela foi extremamente hostil e pouco cooperante e a determinada altura começou a lutar com os agentes", disse o sargento Eric Buschow. 

Os ânimos exaltaram-se de tal forma que a atriz foi algemada e levada para a prisão de Ventura, onde chegou por volta das 22:30 locais e permaneceu até à manhã do dia seguinte. Apenas depois de ter pago 20.000 dólares (cerca de 16 mil euros) de caução é que a atriz pôde sair em liberdade. 

Este não é, contudo, o primeiro caso do género a acontecer com a atriz. Segundo a BBC, Heather já tinha sido detida no mês passado por supostas agressões ao companheiro. 

Heather Locklear, atriz de 56 anos, ficou conhecida pelos seus papéis nas séries televisivas norte-americanas "Carro Comando" e "Melrose Place".