Uma jovem indiana, com cerca de 17 anos, cortou o pénis ao homem que a tentou violar uma segunda vez. O suspeito, tio da rapariga, está a ser procurado pelas autoridades, mas tem paradeiro desconhecido, escreve o jornal britânico «Independent».

O caso aconteceu o mês passado em Madhepura, no distrito de Biha, na Índia, quando após ficar doente, os pais da jovem decidiram levá-la ao tio, um seguidor da doutrina tântrica, procurado pela população devido aos rituais que desenvolve. O tio terá conseguido violar a jovem uma primeira vez e quando tentou novamente foi surpreendido. A rapariga tinha uma faca e cortou-lhe o pénis. Desde então, o seu paradeiro é desconhecido.

Após o segundo incidente, a jovem levou o caso ao conselho da aldeia, que não resolveu a questão de acordo com o seu desejo. Esta decidiu, depois, apresentar queixa junto das autoridades.

O caso foi confirmado ao «Independent» pelo chefe da polícia de Alam Nagar. Este confirmou, sem confirmar os contornos específicos do caso, que o suspeito terá «abusado da confiança da família» devido ao grau de parentesco. Considerou ainda que a jovem teve uma «atitude corajosa».