Uma indiana de 20 anos foi vítima de uma violação coletiva levada a cabo por 12 homens sob a ordem de um conselho de uma localidade no leste da Índia para punir uma relação amorosa, informou a polícia.

O conselho local ordenou a punição na noite de terça-feira, durante uma reunião de emergência em Subalpur, localidade de Bengala ocidental, a 240 quilómetros a oeste de Calcutá, depois de a jovem ter sido descoberta, na segunda-feira, com um homem de outra comunidade e de os seus pais se terem declarado incapazes de pagar a multa imposta.

A jovem e o amante foram amarrados a duas árvores durante a reunião na praça da localidade.

A polícia deteve 12 pessoas pela agressão, disse o responsável pela polícia dessa região, C. Sudhakar, citado pela agência AFP.

A jovem foi hospitalizada.