James Rothman, Randy Schekman e Thomas Sudhof venceram em conjunto, esta segunda-feira, o Prémio Nobel da Medicina 2013.

O trio foi distinguido pelas suas descobertas sobre como as células organizam o seu sistema de transporte.

Os cientistas, que trabalham todos em universidades norte-americanas, foram distinguidos pelas «suas descobertas sobre o mecanismo de transportes para o interior da célula que permite que as moléculas sejam transportadas no momento exato para o local certo dentro da célula», segundo o comité Nobel.

Rothman trabalha na Universidade de Yale, Schekman é da UC Berkeley e Sudhof vem da Universidade de Standford.