O forte sismo que abalou, na terça-feira, uma região pobre e pouco povoada no sudoeste do Paquistão causou quase 350 mortos e mais de 500 feridos, de acordo com um novo balanço fornecido esta sexta-feira pelas autoridades locais.

O sismo de magnitude 7,7 na escala de Richter, que atingiu a localidade de Awaran, província do Baluchistão, destruiu várias casas e foi sentido na Índia e no Irão vizinhos.

Além de destruir casas e de afetar mais de 300 mil pessoas em seis distritos, de acordo com as autoridades provinciais do Baluchistão, o sismo também criou uma nova ilha ao largo da costa.