Mais de 12 mil pessoas manifestaram-se domingo em Atenas para assinalar o 40º aniversário do levantamento estudantil contra a ditadura dos coronéis e protestar contra as medidas de austeridade impostas à Grécia.

Como todos os anos, os manifestantes desfilaram até à embaixada dos Estados Unidos, que apoiavam o regime militar, noticia a Lusa.

Várias ruas e estações de metro do centro da capital grega foram encerradas e a polícia destacou cerca de seis mil agentes da polícia antimotim para impedir atos de violência.