Notícia atualizada às 12:20

Pelo menos três pessoas morreram na sequência das cheias que atingem a região centro e sul de Itália.

As vítimas são um pescador desportivo de 28 anos, uma mulher de 57 anos que se encontrava num carro debaixo de uma ponte em Pescara e um motociclista que foi atingido mortalmente por um pinheiro arrancado pelo vento, no domingo, em Roma.

A água subiu vários metros em algumas regiões. Estradas e acessos ficaram submersos depois de algumas horas de chuva muito intensa.

Em Ginosa, testemunhas garantem ter visto um pequeno tornado.

Por causa do mau tempo, um comboio acabou por descarrilar sem fazer vítimas.

As autoridades italianas reforçaram entretanto o alerta e aconselham a população a precauções extraordinárias.

O mau tempo também provocou vários problemas à guarda costeira no resgate de uma embarcação com 142 imigrantes sem documentos que pretendiam chegar à costa italiana.