Uma nova tempestade chega esta sexta-feira ao Reino Unido. Sem mãos a medir, as autoridades alertam a população para os riscos de mais esta intempérie.

As imagens aéreas são impressionantes. No sudeste de Inglaterra a situação é crítica: um homem morreu eletrocutado e cerca de cem mil casas estão sem eletricidade.

Centenas de quilómetros de estradas e vias férreas continuam intransitáveis. Milhares de pessoas passaram a noite em abrigos depois da água ter entrado em casas, escolas e até num hospital.

O vento sopra a mais de cem quilómetros por hora. Os serviços de emergência já resgataram 850 pessoas vítimas das inundações. Em algumas zonas a água atingiu máximos de 60 anos.

Na bacia do rio Tamisa, as águas ganham terreno a cada hora que passa. Em algumas regiões já ultrapassou os diques feitos com sacos de areia pelo exército.

As previsões para o fim de semana não são animadoras. Sábado e domingo vão trazer mais chuva e vento.