Vários cidadãos britânicos estão desaparecidos desde a passagem do tufão Haiyan pelas Filipinas, informou este sábado o ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, William Hague.

«O ministro confirmou que vários cidadãos britânicos continuam desaparecidos», lê-se num comunicado do ministério, mas um porta-voz recusou precisar quantos estão por encontrar.

Num telefonema ao homólogo filipino, Albert del Rosario, Hague transmitiu condolências pelos efeitos devastadores da passagem do tufão, a 8 de novembro, e pediu que seja dada «toda a assistência possível» aos britânicos afetados pelo desastre, segundo o mesmo comunicado.

O mais recente balanço oficial das autoridades filipinas é de 3.633 mortos, 1.179 desaparecidos e quase 12.500 feridos.