O avião desaparecido a 08 de março com 239 pessoas a bordo desceu a 5 mil pés de altitude (aproximadamente 1.500 metros) para evitar ser detetado pelos radares civis, noticia esta segunda-feira o diário singapurense «New Straits Times».

A investigação oficial confirmou que o Boeing 777-2000 da Malaysia Airlines desligou os seus sistemas de comunicação e mudou de rota deliberadamente. A análise dos dados do avião revela que o aparelho baixou de altitude para desaparecer dos radares.

«A pessoa no comando do avião tem um sólido conhecimento de navegação e radares», declarou uma fonte sob a condição de anonimato ao diário «New Straits Times».