Erin Heatherton saiu da Victoria's Secret em 2013, mas só agora revelou os motivos que a levaram a deixar a marca. Em entrevista à TIME, a modelo conta que resolveu terminar o contrato, depois de dois anos a ter de mudar a alimentação e de fazer treinos duplos para conseguir perder peso para desfilar no evento mais esperado do ano.

Nos meus últimos desfiles Victoria's Secret, disseram-me para perder peso. Olho para trás e penso, 'a sério?'"

Heatherton passou então a treinar duas vezes por dia e a comer de forma mais saudável para conseguir emagrecer, mas quando se estava a preparar-se para o desfile de 2013 o corpo "não respondia".

Fiquei mesmo deprimida porque eu estava a trabalhar tanto e sentia que o meu corpo estava a resistir. E cheguei a um ponto em que, numa noite, cheguei a casa do treino e lembro-me de ficar a olhar para a comida e a pensar que se calhar não devia comer".

Pouco depois do desfile, a modelo acabou por cessar contrato com a marca e revela agora que não se arrepende de o ter feito, apesar de na altura se ter questionado sobre o que se seguiria na sua carreira.

Dei-me conta que não podia continuar ali - a mostrar o meu corpo e a todas as mulheres que me vêem como uma referência - e a dizer-lhes que é muito fácil, simples e que todo o mundo pode fazê-lo".

Após a saída, Erin Heatherton decidiu aceitar o seu corpo como ele é e inspirar as mulheres a fazerem o mesmo. Num post no Instagram, a modelo escreve que "o pior momento" da sua vida lhe permitiu tornar-se na sua "melhor versão".

No momento de 'falhanço', levantei-me e enfrentei as adversidades. Lutava com o meu corpo e as pressões para corresponder aos pedidos de perfeccionismo. Não sou perfeita".

A publicação serviu ainda para Heatherton mostrar ao mundo que pretende continuar a partilhar a sua experiência e que espera que isso ajude outras mulheres a superarem os seus "piores momentos".

 

The breakdown to breakthrough moment in my life has allowed me to become the truest version of myself. In my moment of “failure,” I stood in the face of adversity. I was struggling with my body image and the pressures to fulfill the demands of perfectionism upon me. I am not perfect. Through this struggle, however, I found the strength to love myself. I stood in my power. I thought of one of my favorite quotes, “Nearly all men can stand adversity, but if you want to test a men’s character, give him power” - Abraham Lincoln. I look back on that moment now, and I embrace it. This feeling I once perceived as “failure” was, in truth, a powerful awakening for me to stand behind my purpose in life. I stepped away from hiding behind a fabricated version of myself. I no longer put actions behind my fears and insecurities. I made a choice to redirect my energy to be a catalyst for change. To create a channel for women to become the truest versions of themselves, along with me. (Stay tuned for more...) In the end, if you aren’t being true to yourself, then what the fuck is the point. #rebelwacause #empowerment #womensempowerment#empoweredbyyou

Uma foto publicada por Erin Heatherton (@erinheathertonlegit) a