Um Airbus A330 da «US Airways», que fazia a ligação entre Filadélfia e Orlando, apanhou uma zona de grande turbulência, domingo passado, e o resultado foram seis feridos a bordo. O aparelho acabou por regressar ao aeroporto de partida e aterrou em segurança, escreve a «Sky News».

Quatro passageiros e dois membros da tripulação sofreram ferimentos, depois de o avião ter entrado numa zona de grande turbulência a 17 mil pés de altitude (cinco mil metros). O Airbus A330 transportava 265 passageiros e 10 membros de tripulação.



De acordo com relatos dos passageiros, durante o incidente vários objetos voaram. Algumas pessoas acabaram mesmo por ser atiradas para fora do seu lugar, tendo uma delas batido com a cabeça no compartimento de bagagens.

«20 minutos de viagem e, de repente, sentimos um impacto. Parecia que o avião estava em queda livre», disse uma passageira à «CBS News». «Sapatos e telemóveis voaram, enquanto as pessoas gritavam. Foi muito assustador», acrescentou Venus Desue.

Mark Pensiero, outro passageiro, afirmou ao «The Philadelphia Inquirer» que «muita gente chegou a pensar "Oh¿ é agora"».

O piloto acabou por voltar para Filadélfia, onde aterrou em segurança. Os feridos foram levados para o hospital, enquanto os restantes passageiros aguardaram por lugares nos voos seguintes.

A companhia aérea garante que, na altura do incidente, o sinal para ter o cinto de segurança colocado ainda estava ligado.

Não é conhecido o estado de saúde dos passageiros feridos. No entanto, os membros da tripulação tiveram alta ainda domingo.