Cassandra Feuerstein, 47 anos, foi detida por conduzir sob o efeito de álcool em Março deste ano. Ao chegar à esquadra de Skokie, a mulher foi levada para uma cela, de onde só saiu para prestar declarações e ligar aos familiares.

Ao regressar, a americana foi empurrada pelo agente Michael Hart, bateu com a cabeça num dos bancos de cimento e acabou por partir vários ossos da cara. Teve mesmo de ser submetida a várias cirurgias reconstrutivas e colocaram-lhe uma placa de titânio no maxilar.

As imagens captadas pelas câmaras de vídeo vigilância mostram dois outros policias prestando-lhe auxílio, após a agressão.

Cassandra Feuerstein pretende agora processar o agente que a empurrou.

Veja o vídeo: