Uma mulher em Ringwood, Inglaterra, escapou de uma explosão em casa, depois de um incêndio provocado por um cigarro eletrónico, que foi ligado a um carregador com defeito.

Este é o mais recente de uma série de incidentes no Reino Unido que envolvem carregadores dos e-cigarros mais baratos ou inapropriados.

No início deste ano, uma mulher em Gales ficou queimada após a explosão do cigarro eletrónico ligado ao carregador do telemóvel.

Em North Yorkshire, uma mulher ficou ferida devido ao sobreaquecimento de um carregador.