O procurador de uma localidade da província iraniana de Sistão-Baluchistão, que faz fronteira com o Afeganistão, foi morto esta quarta-feira em «ato terrorista». As informações foram divulgadas pelas autoridades locais.

«O procurador de Zabol Moussa Nouri foi assassinado por desconhecidos. O seu motorista foi também morto nesse ato terrorista», afirmou o procurador-geral da província, Ebrahim Hamidi, citado pela agência Fars.

De acordo com a mesma fonte, os autores do homicídio fizeram parar o veículo do procurador e dispararam contra ele.