Pelo menos 47 pessoas morreram na sexta-feira devido à explosão de um oleoduto na cidade de Qingdao, na costa leste da China, revela um novo balanço das autoridades locais hoje divulgado.

Um balanço anterior dava conta de 44 mortos e 166 feridos.

A explosão ocorreu às 10:30 de sexta-feira (02:30 em Lisboa) no distrito de Huangdao, quando os trabalhadores reparavam uma fuga no oleoduto da empresa estatal Sinopec.