O grupo separatista basco ETA anunciou o desmantelamento das «estruturas logísticas e operacionais» utilizadas nas suas ações armadas, numa medida suplementar em direção ao desarmamento total, referiu este sábado um jornal próximo do movimento.

Ao citar um comunicado enviado pela ETA, o diário basco Gara indica que o grupo completou «o desmantelamento das estruturas logísticas e operacionais relacionadas com a condução da luta armada».

Em novembro de 2012, e cerca e um ano após ter anunciado o fim de 40 anos de luta armada, a ETA tinha sugerido em comunicado estar preparada para negociar com os governos espanhol e francês a sua «dissolução».