A embaixada de Angola no Cairo foi atacada na quarta-feira de manhã por manifestantes, mas há apenas a lamentar estragos materiais, noticia hoje o diário estatal Jornal de Angola.

A Lusa contactou o Ministério das Relações Exteriores, que confirmou o ataque, mas ressalvou não ter ainda recebido oficialmente a informação.

Segundo o Jornal de Angola, que cita fonte diplomática, «centenas de manifestantes atacaram ontem [quarta-feira] a Embaixada de Angola na capital egípcia».