A China denunciou, no sábado, o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, e o Secretário norte-americano da Defesa, Chuck Hagel, por discursos «provocadores» contra Pequim.

«Esta delegação chinesa... tem este sentimento que os discursos do senhor Abe e do senhor Hagel são ações provocativas contra a China», disse o tenente general Wang Guanzhong, subchefe do Exército Popular de Libertação.

De acordo com a Lusa, o responsável chinês falava no fórum de segurança Shangri-la, em Singapura, e sublinhou que os discursos do primeiro-ministro japonês, na sexta-feira, e de Hagel, no sábado, encorajaram-se mutuamente para atacar a China.