Os cadáveres de um homem e de uma mulher, que ao que tudo indica viviam uma história de amor sem serem casados, foram encontrados decapitados em Helmand, província ultraconservadora do Sul do Afeganistão.

Os corpos das duas vítimas de 20 anos terão aparecido, na quarta-feira, num cemitério perto de Lashkargah, capital da província, de acordo com as fontes policiais.

As autoridades suspeitam que os dois jovens tenham sido sequestrados no dia anterior por um grupo de dez pessoas que terá invadido a casa do rapaz.

«A investigação revelou que as duas vítimas eram namorados e viviam uma história de amor às escondidas. A família da jovem pode estar por trás dos assassinatos», declarou à agência France Presse o inspetor Mohammad Ismail Hotak.

Embora o irmão do jovem rapaz afirme que a vítima mortal queria casar com a namorada, a maioria dos casamentos no Afeganistão são arranjados.