Um menino indonésio de dois anos chocou o mundo ao aparecer num vídeo a fumar enquanto andava de triciclo. O caso ocorreu numa aldeia isolada da ilha de Sumatra, na Indonésia.

Seis meses depois de o pai de Ardi Rizal lhe ter dado o seu primeiro cigarro, o menino já fumava 40 cigarros por dia.

Os oficiais de saúde locais disponibilizaram todos os tratamentos médicos necessários para que Ardi deixasse o vício. E conseguiu.

A história deste menino comoveu tanto o mundo que um documentário decidiu revisitar a família dois anos após o caso ter sido tornado público e descobriu que Ardi deixou de fumar, mas tem agora outro vício: a comida.

Os pais da criança tudo têm feito para o manter saudável, mas tem sido uma difícil tarefa. Ardi tem agora consultas com um nutricionista para combater a obesidade.

O jornal «Daily Mail» revelou ainda dados muito preocupantes: acredita-se que um terço das crianças na Indonésia começa a fumar antes dos dez anos.