Três adolescentes admitiram à polícia que atacaram dois sem-abrigo encontrados mortos em Albuquerque, no Novo México, segundo adianta a CNN.

Os rapazes de 15, 16 e 18 anos, usaram tijolos e um poste de metal para matarem os dois homens, de acordo com a queixa criminal.

Todos vão ser acusados como adultos, apesar de dois serem menores. Os jovens deverão ser mantidos num centro de detenção juvenil. O rapaz de 15 anos revelou ao investigador que terão atacado vários sem-abrigo, em Albuquerque, no último ano.

Os corpos dos dois homens foram encontrados em colchões na rua da casa onde dois dos rapazes viviam. Um terceiro homem revelou à polícia que conseguiu escapar do ataque e reconheceu os adolescentes, apesar das camisolas que cobriam as cabeças.

Em declarações a um investigador, o rapaz mais novo admitiu que «estava muito irritado por ter acabado com a namorada», o que o levou a ir com os outros rapazes. O rapaz explicou ainda que utilizaram «vários blocos de cimento, postes de metal e algumas varas», no ataque que durou cerca de uma hora, revelou o detetive.

O rapaz de 16 anos admitiu que «quando se viu ao espelho viu o diabo». Já o adolescente mais velho absteve-se de contar os detalhes do ataque, acusando os outros de atacarem os dois sem-abrigo e que apenas estava a vigiar.