O primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, vai candidatar-se à presidência do país nas eleições de agosto, anunciou esta terça-feira o seu partido.

«O candidato ao cargo de 12.º Presidente da Turquia moderna é o nosso primeiro-ministro e líder do partido», afirmou Mehmet Ali Sahin, vice-presidente do Partido da Justiça e Desenvolvimento (AKP, na sigla original).

O anúncio acaba com meses de especulação sobre uma possível candidatura de Erdogan, que se põe assim numa corrida presidencial que pode garantir o seu domínio na política turca durante mais cinco anos, pelo menos.