A polícia turca matou duas mulheres que, nesta quinta-feira, dispararam sobre uma carrinha das autoridades e tentaram atacar uma esquadra nos subúrbios de Istambul, segundo as agências de notícias internacionais Reuters e Associated Press.

As imagens das câmaras de videovigilância mostram as duas mulheres a disparar contra a viatura policial no exterior da esquadra de Bayrampasa e a atirarem uma granada, que não explodiu, antes de tentarem entrar no edifício.

As atacantes conseguiram, no entanto, fugir de carro do local e refugiarem-se num prédio nas proximidades.

A polícia cercou o edifício e, após uma troca de tiros, abateu as duas mulheres, tendo um agente ficado ferido neste cerco. Um segundo agente sofreu ferimentos ligeiros quando se encontrava na carrinha.

As autoridades procedem, agora, à identificação das duas atacantes e possíveis cúmplices.

O ataque não foi reivindicado até ao momento, mas as autoridades turcas suspeitam da Frente Revolucionária de Libertação Popular, um grupo de extrema-esquerda que tem levado a cabo vários ataques contra esquadras.