As tropas tunisinas mataram, esta segunda-feira, 28 radicais islâmicos numa cidade perto da fronteira com a Líbia, noticia a Reuters. 

Segundo fontes militares e hospitalares, pelo menos sete civis morreram na sequência do ataque levado a cabo pelos jihadistas a uma base militar de Ben Guerdane.Também dez elementos das forças de segurança perderam a vida. 

A agência AFP acrescenta que este foi o segundo ataque do género em menos de um mês. Um dos atacantes, que ficou ferido, encontra-se detido. 

A Tunísia encontra-se em estado de emergência desde 24 de novembro.