A polícia francesa anunciou esta quarta-feira a detenção de um homem suspeito de ser o autor do ataque ao jornal «Libération» e que deixou um fotógrafo gravemente ferido.

O homem foi detido num parque de estacionamento de Paris e apresenta «fortes semelhanças físicas» com o suspeito de ter atacado a sede do jornal francês na segunda-feira.

As autoridades aguardam pela conclusão dos testes de ADN para acusarem formalmente o detido ou ilibá-lo.

Segundo uma fonte do jornal «Libération», o suspeito estava «inconsciente» quando foi detido, provavelmente «pela toma de medicamentos numa tentativa de suicídio». O estado em que o homem se encontra não permitiu a recolha de um depoimento até ao momento.