O grupo extremista Estado Islâmico (EI) reivindicou o primeiro ataque nos Estados Unidos, no domingo, contra uma organização islamófoba do Texas (sudoeste), e ameaçou perpetrar outros atentados.

"Dois soldados do califado realizaram um ataque contra uma exposição de caricaturas contra o profeta em Garland, Texas, América", afirmou o movimento ‘jihadista' que proclamou um "califado" no Iraque e na Síria, no boletim radiofónico diário.


O ataque ocorreu na periferia de Dallas, onde decorria um concurso de caricaturas do profeta Maomé, organizado pela associação American Freedom Defense Initiative, considerada islamófoba.

A polícia intercetou uma alegada ameaça terrorista abortando um ataque com explosivos próximo da exposição. Houve ainda um tiroteio e os dois suspeitos foram abatidos pela polícia.