Um homem feriu, esta segunda-feira, duas pessoas com uma arma de fogo num supermercado em Port-Marly, perto de Paris, em França.

O Ministério Público de Versailles já afastou a hipótese de se tratar de um ato de terrorismo.

As vítimas são uma mulher de 57 anos e um homem de 73, mas não correm risco de vida, segundo o Libération.

O autor dos disparos, com cerca de 60 anos, é um cliente do supermercado e conhecido das autoridades por delitos menores.