Thomas Fabius, filho do ministro dos Negócios Estrangeiros francês, Laurent Fabius, foi ouvido nesta sexta-feira por um juiz de instrução parisiense com vista a uma eventual acusação por falsificação, fraude e lavagem de dinheiro.

A informação foi obtida pela AFP junto de fontes conhecedoras do caso e o advogado de Fabius, Cyril Bonan, no final da audição, não especificou se este tinha ou não sido acusado.

A procuradoria de Paris tinha aberto em 2013 um inquérito, com os magistrados do polo financeiro a interessarem-se por importantes movimentos de fundos que poderiam ter passado pelas contas de Thomas Fabius, cliente assíduo de casinos.