O jornal australiano The Weekend Australian publicou este sábado um cartoon em que surge o profeta Maomé a discutir com Jesus depois deste apelar para o apoio à liberdade de expressão na sequência do ataque ao semanário Charlie Hebdo.

O jornal publica os desenhos de Bill Leak sob o título «Oremos» em que Jesus segura o Alcorão dizendo a Maomé que o livro sagrado «precisa de uma sequência», numa alusão ao velho e novo Testamento.

Maomé segura um jornal com a manchete «O mundo em guerra» e respondendo a Jesus não poder regressar à forma humana pois seria «crucificado».



As representações do profeta Maomé, como as publicadas pelo Charlie Hebdo, são proibidas pelo Islão e satirizar o profeta é uma ofensa para muitos muçulmanos.

Num editorial, o The Weekend Australian apela ainda a que o mundo ocidental não mostre fraqueza na defesa dos seus valores fundamentais ou recue na liberdade de expressão.