A segunda enfermeira norte-americana a ser infetada com o vírus do ébola, enquanto cuidava de um paciente que acabou por morrer com a doença, apanhou um voo onde seguiam outros 132 passageiros, um dia antes de começar a ter sintomas da doença.

Segundo informações da «Reuters», que citam fonte oficial da companhia aérea «Frontier Airlines», a enfermeira terá apanhado um voo de Cleveland, Estado do Ohio, para Dallas, no Estado do Texas, no dia 13 de outubro.

O Centro para a Prevenção e Controlo de Doenças norte-americano (CDC) informou que a tripulação de cabine disse que a enfermeira não tinha quaisquer sintomas na altura da viagem, e já garantiu que estão a contactar os 132 passageiros que estavam a bordo.

A entidade já divulgou um número de telefone para onde os passageiros podem ligar gratuitamente (1-800-232-4636).

Amber Vinson, a enfermeira, está internada no Hospital Presbyterian do Texas.