As autoridades da Turquia deteve, esta quarta-feira, 37 suspeitos de pertencerem ou terem ligações ao Estado Islâmico em várias províncias do país e um homem com 5 quilos de explosivos e nove detonadores junto à fronteira com a Síria.

De acordo com a Reuters, a polícia turca deteve 25 pessoas numa operação simultânea em nove províncias que visou capturar membros da organização terrorista, que estavam sob vigilância há quatro meses.

Outros 12 indivíduos, incluindo duas crianças, foram detidos na província de Adana por suspeitas de ligações ao EI.

A agência Dogan acrescenta que uma das crianças é uma rapariga de 12 anos.

A Turquia já sofreu nos últimos anos vários atentados suicidas com centenas de mortos, na maioria das vezes reivindicados pelo Estado Islâmico.

O último atentado ‘jihadista’ aconteceu na passagem de ano, quando um militante do EI, detido posteriormente, matou a tiro 39 pessoas na discoteca Reina, em Istambul.

Mais de 5.000 suspeitos de pertencerem ao Estado Islâmico foram detidos no país.