O tufão Soudelor chegou à China, provocando oito mortos e obrigando à retirada de 163 mil pessoas, segundo a agência Reuters.

Chuvas torrenciais abateram-se sobre a província de Fujian, no sudeste da China, causando várias inundaçõese a queda de árvores. Os oito mortos registaram-se na cidade de Hanghou, de acordo com a televisão estatal CCTV.

Mais de 163 mil pessoas foram retiradas de suas casas, nesta província, mais de 530 voos foram cancelados e 190 comboios de alta velocidade foram suprimidos.

De acordo com a agência de notícias Xinhua, o tufão moveu-se depois em direção às províncias vizinhas de Zhejiang e Jiangxi. 

O Centro Meteorológico Chinês prevê que o tufão vá enfraquecendo ao longo do dia, devendo converter-se em depressão tropical ao final deste domingo.

Ainda segundo estas previsões, o tufão deve alcançar, na terça-feira, o Mar Amarelo.

Em Taiwan, o tufão Soudelor provocou seis mortos, o derrube de árvores, o deslizamentos de terras, deixou sem eletricidade 1,5 milhões de casas e fez cinco mortos.