Nove pessoas morreram quando um helicóptero do exército tailandês se despenhou no norte do país na segunda-feira.

O aparelho tinha descolado do destacamento de infantaria de Phayao com destino à sua base em Chiang Mai, mas com cerca de dez minutos de voo, as autoridades perderam o contacto com a aeronave, declarou o porta-voz militar, Sirichan Ngathong, numa conferência de imprensa em Banguecoque, que a Lusa cita.

Os corpos, alguns queimados, foram recuperados na segunda-feira várias horas depois de o helicóptero cair na província de Phayao, causando a morte de todos os tripulantes.

«Levámos os corpos para o hospital provincial», explicou à AFP o governador da província Chuchad Keelapaeng, que indicou que alguns estavam tão queimados que não era possível reconhecê-los.