Fontes de antiterrorismo quenianas estão à procura de um cidadão norueguês descendente da Somália suspeito de ter participado no ataque ao centro comercial de Westgate, avança a CNN.

O norueguês é suspeito de ter ligações com Mohamed Abdikadir Mohamed, conhecido como Ikrima, conhecido como um dos mais perigosos líderes do grupo Al-Shabaab.

Os serviços de inteligência da Noruega estão no Quénia a investigar Ikrima e o cidadão norueguês e, segundo fontes quenianas, falaram com a irmã do suspeito na Noruega. No entanto, as autoridades norueguesas ainda não divulgaram o nome do suspeito.

As autoridades suspeitam que Ikrima está envolvido no ataque de Westgate. Al-Shabaab reclama a responsabilidade pelo ataque onde morreram 67 pessoas.