O suspeito que terá alugado a carrinha que atropelou dezenas de pessoas em Barcelona, esta tarde de quinta-feira, será Driss Oukabir. A imagem e o nome do suspeito foram divulgadas pelo jornal espanhol El Pais, que diz que a identificação foi feita pela polícia. 

AO MINUTO: Atentado em Barcelona 

A carrinha branca que protagonizou o atentado, e que avançou mais de 500 metros sobre as pessoas, foi alugada por este homem, na localidade de Santa Perpetua de la Mogada, segundo a identificação feita pela Guardia Civil espanhola. 

Driss Oukabir, 28 anos, já esteve preso, em Figueres, de onde saiu em 2012. É um marroquino nascido na cidade de Aghbala e residente legal em Espanha, mais precisamente em Ripoll, na província de Girona.

Chegou a Barcelona vindo de Marrocos, no dia 13 de agosto, segundo o El País. Esteve também em Madrid este ano.

Mortos, feridos e detenções

O último balanço oficial provisório deste ataque terrorista - já é designado como tal pela polícia  - aponta para 13 mortos e 100 feridos. 

Havia a informação de que outros dois suspeitos estavam barricados no restaurante turco Luna de Istanbulno bairro Raval, na rua Tallers, que desemboca na avenida La Rambla, mas a polícia catalã - os Mossos - veio negar pelas 19:10 que isso tenha acontecido.

Há duas detenções oficiais, mas nenhuma delas é o condutor da carrinha. Um dos detidos é de Marrocos e o outro é de Melilla, que pertence ainda a Espanha.

Para além disso, uma segunda carrinha foi procurada pela Guardia Civil, da marca Fiat, cor branca e com a matrícula  7082 JWD. Entretanto, foi encontrada uma viatura em Vic, que ao que tudo indica será esta. 

Está ainda a ser procurado um Ford Focus branco que atropelou dois polícias. Não é ainda claro se isto está relacionado com o ataque nas Ramblas.

A polícia está a controlar todas as entradas e saídas de Barcelona.