Um homem foi esfaqueado por um atacante mascarado de palhaço, indicou a polícia sueca, numa altura em que uma onda de histeria sobre avistamentos de palhaços “sinistros” e “assassinos” varre os Estados Unidos e a Europa.

“Um homem nascido em 1997 foi esfaqueado no ombro por um desconhecido que fugiu”, divulgou a polícia do condado de Halland, no sul da Suécia.

O incidente ocorreu na quinta-feira à noite, depois de duas pessoas vestidas de palhaço terem ameaçado matar uma mulher na quarta-feira, no centro do país.

Também na quarta-feira, um grupo de homens vestidos de palhaço cercou quatro crianças de dez anos e ameaçou-os com o que depois se concluiu serem falsas motosserras.

O ministro do Interior sueco, Anders Ygeman, apelou para a calma.

Não queremos assistir a uma situação em que uma pessoa se mete em problemas reais porque alguém, talvez meio a brincar, veste uma máscara de palhaço", declarou o ministro à agência noticiosa TT.

Uma onda de “palhaços sinistros” está a assustar a população dos Estados Unidos e a preocupar as autoridades. O fenómeno tem-se espalhado também pela Europa e pela a Austrália, assumindo contornos aterrorizantes