Um helicóptero das Nações Unidas foi abatido no Sudão do Sul, esta terça-feira, quando atravessava uma área que tem sido palco de combates entre forças governamentais e rebeldes. O ataque provou três mortos e um ferido grave.

Em comunicado, o Conselho de Segurança da ONU condenou o ataque.

As Nações Unidas exigem ao Sudão do Sul que seja feita uma investigação rápida, rigorosa e transparente às circunstâncias do incidente.