Homens armados do Sudão do Sul dispararam contra civis refugiados numa base da Organização das Nações Unidas, em Malakal, fazendo, pelo menos, sete mortos, indicaram os rebeldes e os moradores do local.

Eles mataram sete pessoas e feriram 32, entre os quais um rapaz cujo pai morreu”, disse um habitante do abrigo, Jacob Nhial, que contou o relato desde a base da ONU situada em Malakal, no nordeste do Sudão do Sul, à agência de notícias francesa France Presse.

Os rebeldes sudaneses também confirmaram o ataque, sendo que o número de mortos não pôde ser confirmado por fonte independente.